Cursos online Faça um curso de Papelaria Personalizada
Cursos online Passo a passo para lembrancinhas

PESQUISE - USE PALAVRAS SEM ACENTO

Custom Search

domingo, 11 de março de 2012

0 blogger

Limpeza dos dentes de seu bebê


1. A partir de qual idade é preciso fazer a limpeza da boca do bebê?
O mais indicado é fazer a limpeza antes mesmo de os dentes nascerem. Por mais que a dieta do bebê seja somente à base de leite, é importante retirar o excesso que fica estagnado na boca dele para evitar a proliferação de bactérias. O procedimento é bem simples: basta enrolar uma gaze no dedo, embeber no soro fisiológico e passar no interior da boca do pequeno.


2. É preciso fazer essa limpeza todos os dias?
A limpeza com a gaze não precisa ser feita todos os dias. Como a mucosa da gengiva do bebê é muito fina e delicada, procure fazer somente duas vezes por semana ou quando você vir que há leite estagnado (principalmente depois que ele regurgitou).

3. E se o bebê se mostrar irritado com a limpeza? O que fazer?
Para começar, evite fazer o ritual da limpeza quando ele está com fome ou sono. Observe a rotina dele e perceba em qual momento ele está mais disposto e encaixe aí a hora da faxina - depois da mamada, quando ele acorda etc. Com o tempo, ele vai se acostumar ao novo hábito.

4. Com que idade é normal aparecerem os primeiros dentes?
O nascimento dos primeiros dentes depende muito do estímulo da cavidade oral. Ou seja, quanto mais a criança tentar mastigar ou morder algo, maior vai ser o estímulo para o nascimento dos dentes. Em geral, os primeiros dentes surgem por volta dos 6 meses. Mas, caso os de seu filho não apareçam nessa época, não se preocupe. Em algumas crianças, eles podem começar a despontar por volta dos 10 meses. Caso atrase e a criança complete 1 ano sem que tenha nascido nenhum dente, é indicado procurar um odontopediatra para fazer uma radiografia.

5. A criança sente dor quando os dentes nascem?
Sim. O nascimento dos dentes aumenta a sensibilidade dos receptores de dor. No entanto, a maneira como a criança vai reagir à sensação varia bastante. Cerca de três dias antes e quatro dias depois de o dentinho apontar, o bebê pode apresentar uma produção maior de saliva, ficar manhoso, irritado e, em alguns casos, até em estado febril (37 °C). Se esses sintomas se prolongarem por muito tempo após o nascimento do dente, é aconselhável levar a criança ao pediatra.

6. O que fazer para amenizar os incômodos de quando o dente desponta?
O mais indicado é dar objetos e alimentos que estimulem a mastigação, como mordedores, maçã e cenoura. Isso massageia a gengiva, dando a sensação de alívio e conforto, e acelera o rompimento dos dentes.

7. Se meu filho tiver 1 ano e apenas dois dentes, devo me preocupar?
Essa é uma questão que costuma dividir opiniões. Para a odontopediatra Claudia Gobbetti, por exemplo, não há com que se preocupar, pois a erupção dos dentes acontece até os 2 anos de idade. Já a odontopediatra Maria Rosângela Jahn recomenda que, em casos assim, a criança seja avaliada por um especialista. Uma radiografia panorâmica - que pode ser feita com a criança no colo da mãe - ajuda a acompanhar a evolução das erupções.

8. É verdade que alguns antibióticos podem manchar os dentes?
Sim. A criança pode desenvolver manchas e placas amareladas nos dentes, pois a maioria dos antibióticos tem o açúcar como um dos componentes para facilitar a ingestão. No entanto, se a escovação for eficaz, o aparecimento dessas manchas pode ser evitado. Por mais doente e manhosa que a criança esteja, não deixe de fazer uma boa limpeza em sua boca.

Se as manchas aparecerem, a escovação diária costuma remover os resíduos de açúcar do antibiótico. Se persistirem, leve a criança ao odontopediatra para que ele avalie a razão pela qual as manchas não estão saindo e indique como removê-las. O único antibiótico que pode causar danos permanentes aos dentes é a tetraciclina, porém ela não é mais receitada para crianças em fase de desenvolvimento dos dentes.

9. Quando é recomendável começar a usar a escova de dentes?
A escova entra em ação a partir do nascimento completo do primeiro dente. Caso só a ponta esteja para fora da gengiva, continue usando a gaze.

10. É necessário usar creme dental?
Sim, mas use a versão sem flúor. A substância pode causar manchas esbranquiçadas no esmalte dos dentes. A pasta de dentes com flúor só é recomendada, em geral, a partir dos 3 anos, quando a criança começa a ingerir uma quantidade maior de açúcar. No entanto, é essencial que os pais a ensinem a fazer o bochecho com água para retirar todos os resíduos de pasta da boca.

11. São muitas as opções de escovas de dentes no mercado. Qual é a mais indicada para fazer uma boa higienização na criança?
As cerdas devem ser juntas (bastantes tufos), macias e com pontas arredondadas. A cabeça deve ser pequena para poder alcançar os dentes do fundo. Quanto ao cabo, selecione aquele com o qual você se adaptar melhor na escovação.

12. Meu filho não gosta de escovar os dentes - ele cerra a boca e, às vezes, grita. O que posso fazer para que ele adquira o hábito?
Caso o pequeno faça manha ou não goste de escovar os dentes, motive-o e mostre como essa limpeza é importante. Para isso, compre uma escova de dente extra com um personagem de que ele goste. Torne o momento da higienização bucal prazerosa e divertida. Deixe que ele brinque de limpar os próprios dentes e até mesmo os seus! Outra sugestão é contar histórias sobre os bichinhos que comem os dentes quando não são bem escovados. Muitas vezes, usando a imaginação, a criança consegue perceber como o hábito é importante. Depois da brincadeira, ela, provavelmente, vai estar mais tranquila e receptível à escovação.

13. Quantas vezes por dia preciso escovar os dentes do meu filho?
O mais indicado é escovar três vezes ao dia. Por mais que a criança não coma muito doce ou açúcar, é bom acostumá-la com esse hábito. Desse jeito, ela não vai ter tanta preguiça quando for a vez de fazer sozinha a limpeza bucal.

14. A partir de qual idade, posso permitir que ele limpe os dentes sozinho?
Quando você sentir que o pequeno já tem o hábito de escovar três vezes ao dia e está fazendo a higiene da maneira correta, pode deixar por conta dele. Normalmente, isso acontece a partir dos 5 anos de idade. No entanto, procure sempre supervisionar a tarefa. Fique atenta às manchas e ao hálito. E, caso seja necessário, volte a escovar os dentes da criança algumas vezes na semana, reforçando a maneira certa de fazer a limpeza.

15. É verdade que a mamadeira da noite pode provocar cáries?
Sim. As cáries podem aparecer em razão da falta de higienização dos dentes depois da mamadeira noturna. Quando o pequeno dorme com a mamadeira na boca, o leite fica estagnado na boca a noite inteira. E é exatamente nessa hora que ocorre a maior proliferação de bactérias por causa da baixa produção de saliva. Por isso, antes da mamadeira da noite, faça uma boa escovação e depois, nem que seja enquanto a criança dorme, retire o excesso de leite com uma gaze umedecida. Além disso, evite açúcares na mamadeira: mel e chocolate, entre outros. Quanto mais açúcar, mais rigorosa a limpeza deve ser.

16. Com quantos anos meu filho precisa fazer a primeira consulta no odontopediatra?
A odontopediatra Mariângela Schalka indica levar a criança à primeira consulta aos 6 meses. Já a doutora Gabriela Schneider, também odontopediatra, sugere que essa visita inicial aconteça após o nascimento dos primeiros dentes.

17. Bebê pode ter mau hálito?
Sim. O mau hálito acontece quando a higiene com a gaze não é feita corretamente e os vestígios do leite se acumulam na língua, formando uma espécie de placa. Caso seu bebê fique com um cheiro ruim na boca, faça uma higiene mais periódica e capriche na limpeza. Se não resolver, leve-o ao odontopediatra ou até mesmo ao pediatra, pois o mau hálito pode ser sinal também de inflamação de garganta.

18. Crianças pequenas podem usar fio dental? A partir de qual idade?
Não há problema em usar fio dental, porém há casos em que não é necessário. O que vai mostrar se o pequeno precisa ou não usar fio dental não é a idade, mas o espaço entre os dentes. Enquanto a criança tiver poucos dentes ou se eles forem separados, não precisa passar fio dental, pois a escova já retira os restos de alimentos nas laterais. Já quando os dentes são mais juntos, use o fio dental pelo menos uma vez ao dia antes da escovação. Isso vai evitar a proliferação de bactérias. É muito importante não deixar que a criança passe nela mesma, pois, no início, ela não tem muita coordenação e pode machucar a gengiva.

19. Qual a melhor hora do dia para eu passar fio dental ?
Se possível, depois de cada refeição. Caso você não tenha disponibilidade, priorize a higienização da noite. Depois do jantar, passe o fio dental para retirar as placas de alimento entre os dentes e, depois, faça uma boa escovação.

20. O que faço para evitar que meu filho tenha cáries?
A união de uma boa escovação e uma alimentação saudável é a melhor maneira para evitar cáries.

Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu recadinhooooooooooo!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Digite seu email e receba nossas dicas!