Cursos online Faça um curso de Papelaria Personalizada
Cursos online Passo a passo para lembrancinhas

PESQUISE - USE PALAVRAS SEM ACENTO

Custom Search

segunda-feira, 30 de julho de 2012

facebook 1 blogger

Dicas para a limpeza do quarto do bebê

1 comentários
Com procedimentos simples é possível manter o quarto bebê sempre limpo.

A limpeza do quarto do bebê é essencial para evitar alergias e outros mal-estares. Mas, além da limpeza básica, outros cuidados devem ser tomados, principalmente em relação aos produtos químicos usados. As principais dicas são:
Arejar o ambiente diariamente – é muito importante que o ambiente seja arejado todos os dias. Deixe janelas e cortinas abertas para que possa circular o ar evita a aglomeração de ácaros; 
Escolher produtos certos – evite produtos de limpeza com cheiro forte. O indicado é usar produtos neutros ou sem cheiro. Muitas vezes um pano limpo umedecido é suficiente para fazer a limpeza.
Aspirar o pó – passar o aspirador de pó não só no chão, mas em estofados, poltronas, almofadas, cortinas, inclusive no berço e, pelo menos uma vez na semana, no colchão também. Não é aconselhável passar vassoura no quarto do bebê, pois levanta a poeira.
Trocar a roupa de cama semanalmente – além dos lençóis e fronhas, lembre-se de lavar almofadas e colchas das camas com frequência.
Lavar o chão ou passar pano após aspirar o pó – Poeira é muito ruim de ser limpa, por ser leve e se deslocar com muita facilidade. O recomendado é passar o aspirador de pó e logo após um pano úmido para não sobrar resquícios que possam fazer mal para o bebê.
Evitar bichos de pelúcia no quarto – apesar de lindos e de dar um charme especial na decoração, os bichos de pelúcia costumam acumular muito pó. Hoje existem pelúcias antialérgicas e bonecos de pano que são mais indicados para bebês. Mesmo estes devem ser lavados regularmente.
Tirar o bebê do quarto na hora da limpeza - um detalhe importante é que o bebê não deve estar no quarto quando o ambiente estiver sendo limpo. Eles costumam ser muito sensíveis em relação a alergias respiratórias.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

facebook 0 blogger

Picolé de Amora - Delicioso

0 comentários
Olá Mamães!

Que tal um delicioso Picolé de Amora? As crianças vão simplesmente adorar e os adultos também não vão ficar pra traz né?


Querem fazer igual? No blog Saboroso Gostinho tem a receitinha pra vocês fazerem pro final de semana que promete ser bem quente!
O que acharam?


quarta-feira, 25 de julho de 2012

facebook 1 blogger

Saiba como fazer seu bebê dormir 12 horas por dia!

1 comentários

Que grávida nunca ouviu o conselho: “Aproveite para dormir agora. Depois que o bebê nascer, você dará adeus às noites de sono”? Ter um filho que dorme a noite toda é o sonho de muitos pais. E ele pode se tornar realidade. É o que garante Suzy Giordano, conhecida nos Estados Unidos como Treinadora de Bebês.




Suzy é brasileira e mãe de cinco filhos. Mudou-se para o estado norte-americano de Virgínia quando os caçulas gêmeos tinham pouco mais de um ano. Empregando a mesma técnica há 20 anos para ensinar a criançada a dormir, Suzy acaba de lançar o livro “12 horas de sono com 12 semanas de vida”, da Editora Zahar.
Na obra, a autora defende quatro fundamentos para o pequeno dormir com os anjos:

1. A criança deve se adaptar à família, não a família a ele: “Bebês se adequam bem e deveriam ser expostos a todas as facetas da vida familiar”, explica Suzy. “Durante a soneca deles, assim como a campainha pode tocar, os irmãos mais velhos devem ter autorização para rir alto, ao mesmo tempo em que a máquina de lavar funciona, por exemplo. Se não for assim, a família acaba vivendo em um ambiente de tensão, no qual cada respiração recebe um olhar torto”.

2. Como pai ou mãe, você deve se sentir no comando: “Eu sou a mãe (ou o pai) e estou no controle. Você é um bebê e vai seguir as minhas orientações” é o mantra criado por Suzy. “As crianças precisam de uma figura que represente autoridade e que estabeleça parâmetros e limites”, enfatiza.

3. Dormir é uma habilidade que se aprende e que deve ser ensinada: “Embalar um bebê de doze semanas, repetidas vezes, em uma cadeira de balanço automática até ele dormir é o mesmo que carregar o filho de dois anos no colo para todo lado. Os pais resolvem a situação para as crianças, em vez de guiá-las para que realizem o processo sozinhas”, alerta a treinadora de bebês.

4. O treinamento para dormir exige comprometimento e trabalho duro por parte dos pais: para que o resultado seja positivo, eles precisam fazer algum esforço. “E, mesmo depois que a rotina se estabelece, de vez em quando eles precisarão reforçar o que ensinaram”, diz Suzy.

terça-feira, 24 de julho de 2012

facebook 0 blogger

Inspiração: o berço vira mesa

0 comentários
Essa ideia é para as mamães com bebês crescidos!! Olha que legal o que você pode fazer com o berço que seu pimpolho não vai mais usar!


É daqui!

sábado, 21 de julho de 2012

facebook 1 blogger

Banana Split Gigante na Festa da Criançada

1 comentários
Oi Pessoas!

Que tal fazer sorvete desta forma pra festa da criançada?? Gente que ideia maneira... e eu nem tinha pensado nisso até hoje... A criançada logico que vai amar isso né??? 
E é bom deixar eles comerem a vontade hein?




O que acharam da ideia? É do OH Happy Day...

quinta-feira, 19 de julho de 2012

facebook 0 blogger

Café durante a gravidez faz mal?

0 comentários

Logo cedo para começar o dia ou depois do almoço para animar a tarde, tomar uma xícara de café quentinha é mesmo uma delícia. Pena que, como você já deve ter ouvido, é preciso diminuir o consumo na gravidez , já que o café tem substâncias estimulantes como a cafeína. Mas um estudo da Universidade de Tilburg, na Holanda, não encontrou evidências de que tomar café na gestação aumente as chances de ter filhos hiperativos, com problemas de relacionamento e comportamento ou falta de atenção. 

Para chegar a esse resultado, o estudo mediu o consumo de cafeína de um grupo de gestantes na 16ª semana de gravidez. Um tempo depois, quando seus filhos estavam com 5 anos, os pesquisadores pediram para que essas mulheres e as professoras das crianças respondessem às perguntas sobre o comportamento deles. Foram recebidas 3.439 respostas, a partir das quais os médicos concluíram não haver evidências de que o contato do feto com cafeína cause tais problemas. 

Os pesquisadores ressaltaram que esses resultados não significam que a cafeína não tenha efeito, especialmente a longo prazo, e que as gestantes devem seguir as recomendações de seus obstetras. Em exagero, é possível que a cafeína afete o bebê, sim. Isso porque faz com que os vasos sanguíneos do corpo se contraiam. "Assim, se a gestante consumi-la demais, a substância pode prejudicar a circulação útero-fetal, causando aborto ou parto prematuro", diz Mario Martinez, obstetra e ginecologista do Hospital São Luiz. Baixo peso no nascimento, parto prematuro e aborto, além de maior irritabilidade, nervosismo e alterações do sono são alguns dos possíveis problemas. 

De acordo com o pediatra Vanderlei Wilson Szauter, do Hospital e Maternidade São Cristóvão (SP), existem trabalhos afirmando que o consumo de 200 a 300 mg de cafeína (equivalente a 2 ou 3 xícaras de café, 6 xícaras de chá ou 5 latas de refrigerante) não acarreta prejuízo algum para o bebê ou para a gestante. Se a gestante desenvolver alguma alergia ou aumento da sensibilidade à cafeína, aí sim, ela não pode tomar nenhuma dessas bebidas. "O importante é ter bom senso e não exagerar” , reforça. E se for muito difícil abrir mão daquele cafezinho depois do almoço, você pode pedir um descafeinado, que tem o mesmo sabor e uma dose quase desprezível de cafeína. 

segunda-feira, 9 de julho de 2012

facebook 1 blogger

Relógios modernos para o quarto do bebê

1 comentários
Olá Mamães lindas....

Trouxe hoje pra vocês estes lindos e modernos relógios para a decoração do quarto do filhote! Eles são feitos de bambu e podem ser comprados aqui! Ou você pode copiar e modelo e mandar fazer também. O que acham??


facebook 0 blogger

Mais sapatinhos de crochê, lindos!!

0 comentários
Mais alguns lindos modelinhos de sapatinhos de crochê para as mamães fazerem para as doçuras!
Não são lindos??? Achei na Pagina Inspire do Face...






domingo, 8 de julho de 2012

facebook 0 blogger

Quarto masculino Verde e Azul - Perfeição!

0 comentários
Decoração linda de Menino, com as duas cores mais prediletas deles: Verde e Azul!!! Confira:








facebook 0 blogger

O resfriado do bebê não passa e a tosse só piora? Veja o que fazer.

0 comentários


Meu filho está com febre e muita tosse. Pode ser pneumonia? 


Pneumonia é um termo genérico para infecções pulmonares, que podem ser causadas por vários tipos de agentes, como vírus e bactérias. Os principais sintomas são febre e tosse, bem parecidos com os da gripe, por isso o diagnóstico pode ser difícil. 

Se seu filho estava resfriado ou gripado e piorou depois de alguns dias, ou se parece não melhorar nunca, mesmo depois de duas semanas, procure o médico. 

Como a pneumonia é diagnosticada? 

Existem dois tipos principais de pneumonia, a viral e a bacteriana. A pneumonia viral normalmente começa como um resfriado, e vai piorando aos poucos. A criança pode ter febre acima de 38,5 graus, tosse que não melhora, além de respiração rápida e curta. 

O início da pneumonia bacteriana tem um começo mais repentino. Os sintomas aparecem de uma hora para outra: febre alta, acima de 39 graus, respiração curta e ofegante e tosse. A perda de apetite e a falta de energia também são marcas registradas da pneumonia, mas é sinal de alerta o fato de a criança continuar prostrada e inerte mesmo depois de controlada a febre. 

O médico vai auscultar os pulmões da criança com o estetoscópio. Quando há pneumonia, surgem sons anormais na respiração. Caso haja suspeita de pneumonia, seu filho terá de fazer uma radiografia de tórax para obter uma imagem dos pulmões. 

Talvez o médico peça também outros exames, como um hemograma (exame de sangue) e coletas de amostras do nariz ou da garganta, para tentar identificar se a causa da infecção é viral ou bacteriana. Pode ser que o médico prefira fazer esses exames no hospital, porque os resultados já saem na hora. 

Às vezes a pneumonia pode ser atípica, ou seja, aparecer sem tosse, por exemplo, ou com uma tosse seca, sem catarro -- ou até sem febre. Esse tipo de pneumonia pode causar pequenas epidemias familiares ou na escola, e costuma ser causado por vírus ou bactérias mais incomuns, como a clamídia e o micoplasma. Nesses casos, a melhora demora mais para acontecer que no caso da pneumonia bacteriana mais comum. 

Há crianças que reclamam de dor na barriga quando estão com pneumonia, o que pode causar confusão no diagnóstico, e até desconfiança de apendicite. A dor abdominal pode ser causada por infecções nas regiões mais inferiores do pulmão, quando a pleura (camada que cobre o pulmão) é atingida. 

Sempre que seu filho apresentar febre e mal-estar por mais de dois dias, contate o pediatra para ver se não é o caso de um exame mais detalhado. 

Qual é o tratamento? 

O tratamento vai depender do tipo de pneumonia, do estado geral da criança e da idade dela. A pneumonia viral, assim como todas as outras infecções provocadas por vírus, não responde a antibióticos. O tratamento, nesse caso, pode se limitar a repouso, administração de líquidos, remédios para a febre e eventuais inalações, para facilitar a respiração. 

Caso a criança esteja muito fraca, os médicos podem preferir que ela fique no hospital, onde receberá líquidos pela veia e poderá respirar com a ajuda de uma máscara com oxigênio. Existem também tratamentos de fisioterapia respiratória que podem ser benéficos. 

Quando a pneumonia é causada por bactéria, a criança tem de tomar antibióticos. Dependendo da gravidade, os antibióticos podem ser dados em casa, por via oral, ou no hospital, pela veia. Os outros tratamentos (inalação, oxigênio, fisioterapia respiratória e medicamentos para aliviar os sintomas) também são usados de acordo com o estado geral da criança. 

Há algo que eu possa fazer para evitar que meu filho tenha pneumonia? 


Sim, há medidas que você pode tomar para reduzir o risco de seu filho ter pneumonia: 

Mantenha a vacinação dela em dia. As vacinas contra a bactéria Haemophilus influenzae tipo b (DTP Hib), contra a difteria e a coqueluche são importantes porque previnem doenças que podem levar à pneumonia. 

Existe também uma imunização específica contra pneumonias provocadas pela bactéria pneumococo, a vacina pneumocócica 10-valente. Esta vacina, antes encontrada somente em clínicas particulares, passou a ser oferecida gratuitamente nos postos de vacinação a partir de março de 2010. 

Nesse primeiro ano de implantação, a vacina pode ser aplicada em crianças de até 2 anos. Depois, será oferecida a crianças menores de um ano de idade. Como cada estado começa a aplicar essa vacina em datas diferentes, confirme no posto de vacinação onde você costuma levar a criança se ela já está disponível. 

O ideal seria que essa vacina fosse aplicada em todas as crianças, porque combate também a meningite e a septicemia causada por pneumococos. Ela é recomendada principalmente para prematuros, bebês que frequentam creches e berçários, crianças asmáticas ou com outras doenças respiratórias crônicas ou que sejam imunodeprimidas. Vale lembrar que nenhuma vacina imuniza contra todos os tipos de pneumonia. Converse com o pediatra. 

Lave sempre as mãos. O hábito de lavar as mãos com frequência, tanto as suas quanto as da criança, ajuda a evitar a disseminação dos agentes causadores da doença. 

Não exponha seu filho à fumaça de cigarro. O ideal é largar o cigarro, se você ou o pai da criança fumarem. Estudos já mostraram que crianças que convivem com fumantes e com a fumaça do cigarro adoecem com mais frequência e são mais suscetíveis a doenças como pneumonia, infecções respiratórias altas, asma e otite.

terça-feira, 3 de julho de 2012

facebook 0 blogger

Flores de Rosquinha para Chá de bebê ou Aniversário!

0 comentários
Gente, Gente!!!!

Olha que novidade incrível e deliciosa que encontrei no Blog Saboroso Gostinho, para dar de presente no chá de Bebê ou Aniversário! Veja:




A receitinha deliciosa você encontra aqui no Saboroso Gostinho e super fácil de fazer, vamos por a mão na massa???

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Digite seu email e receba nossas dicas!