Cursos online Faça um curso online com certificado
Cursos online Passo a passo para lembrancinhas

PESQUISE - USE PALAVRAS SEM ACENTO

Custom Search

sábado, 31 de março de 2012

facebook 0 blogger

Atenção com os pés de seu filho!

0 comentários


Um pouco de Sol no calçado para eliminar a umidade e dedos sequinhos após o banho são medidas eficientes para proteger os pés da criançada
Corre, pula, brinca - a garotada quase não para quieta. Daí a atenção redobrada com os pés dos pequenos. Uma boa dica é variar o sapato sempre que possível, principalmente os tênis. A pediatra Carolina Ignez Maier Guedes, de Curitiba, ensina alguns cuidados:
 - Após o uso, deixe o calçado do seu filho ao Sol. Isso ajuda a dar fim ao excesso de umidade;
 - Ensine a criança a secar bem os dedos entre os pés. Não deixe de supervisionar essa tarefa, uma maneira de evitar micoses e frieiras.

quarta-feira, 28 de março de 2012

facebook 0 blogger

Dicas indispensáveis para futuras mamães!

0 comentários


Quando se está grávida, o mais comum é ouvir: "Como você está linda!" ou "Você está até radiante!". A alegria da espera do nascimento do bebê deixa, de fato, toda mulher mais charmosa. Porém, não se engane. Não é por isso que você vai descuidar da alimentação, exercícios e até abdicar de tratamentos estéticos e rituais de beleza, certo? Depois do parto, os descuidos cobram a conta.
A ginecologista e obstetra Denise Coimbra deu algumas dicas para manter a vaidade nesse momento tão especial. Confira!

Alimentação

Nada de sair por aí achando que é o momento de comer por dois. Uma grávida consciente ingere alimentos que nutram tanto ela quanto o bebê, mas sempre de maneira saudável. Uma dica é comer mais vezes ao dia, mas em menor quantidade. E, é claro, consultar um nutricionista regularmente ao longo da gestação. Confira como a Dra. Denise sugere que você se alimente em cada trimestre.

- 1º trimestre:
facebook 0 blogger

A hora de tirar a chupeta

0 comentários


Desde que nasceu, o seu filho está acostumado a chupar chupeta. Ela acalma, tranquiliza, vicia. Tudo isso dificulta a retirada desse hábito da criança. Segundo a odontopediatra Lúcia Coutinho, os pais têm um papel fundamental nessa hora. “Além de muita paciência, devem estar bastante presentes. Isto porque, muitas vezes, a chupeta funciona como substituta da mãe ausente”, afirma.

O uso prolongado dela pode causar uma série de problemas. “A criança pode apresentar desvios nas arcadas, na musculatura oral, distúrbios na respiração ou na fala e até parar de mamar. O dano mais comum é a mordida aberta anterior, quando os dentes de cima não encostam nos dentes de baixo”, explica a odontopediatra. “De um modo geral, assim que a criança deixa de lado o hábito, todas as funções voltam ao normal.”

segunda-feira, 26 de março de 2012

facebook 0 blogger

Teste do Pezinho - Você sabe pra que serve?

0 comentários
O que é o teste do Pezinho e pra que ele serve? 
O Teste do Pezinho é um exame laboratorial simples cujo objetivo é detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e ou infeciosas que poderão causar lesões irreverssíveis no bebê.
Assista o vídeo abaixo e saiba mais sobre ele:
video

facebook 0 blogger

Sinais da chegada do Seu bebê

0 comentários

Atenção mamães de Primeira Viagem!!!! Fique por dentro de cada etapa do trabalho de parto e saiba reconhecer os sinais reais da chegada do bebê. 


Pré-parto: sinais sutis

Pode ter início 15 dias antes do nascimento ou até horas antes da chegada do bebê. Três sinais o anunciam e a gestante pode apresentar todos, alguns ou nenhum. Um deles é a contração de Braxton-Hicks, sentida a partir do sétimo mês, cuja frequência é maior na última quinzena da gravidez. São tão rápidas que as mulheres as confundem com a movimentação do bebê
A queda da barriga é outro sinal: o bebê desce e se encaixa na região pélvica.
O último sinal é a saída do tampão – um muco que bloqueia o útero e impede a entrada de bactérias vaginais. "Com a aproximação do parto, o feto pressiona o colo do útero e o tampão pode se soltar", conta o dr. Eduardo.
O bebê continua protegido pela bolsa d'água e ainda pode demorar 15 dias para nascer. Na calcinha, o tampão aparece como um corrimento amarelado ou esverdeado. É normal que contenha um pouco de sangue.
Em todos esses casos é importante ligar para o seu médico a fim de que ele acompanhe todos os sinais.

Fase latente: está quase na hora!

É nesse momento que começa de verdade o trabalho de parto. Essa fase pode durar de dois dias a duas semanas e as contrações vêm de forma irregular. "A contração ocorre para afinar o colo do útero e empurrar o bebê, alargar o canal de parto e dilatar o colo. Algumas mulheres relatam dor, outras não. Tudo depende do limiar de dor de cada uma", diz o dr. Cordioli. Nessa fase, a barriga endurece e depois relaxa. As contrações aparecem e depois somem. Avise o médico e fique de olho na evolução. Para ter certeza se está nessa fase, deite-se um pouco ou tome um banho quente. Se as contrações passarem, pode ser o que os médicos chamam de falso trabalho de parto.
facebook 1 blogger

Alguns mitos da gravidez

1 comentários

Existem muitas histórias que giram em torno da gravidez. São tantos contos e lendas que a mamãe fica sem saber se acredita ou não. Até porque as vezes as informações são verdadeiras Mas têm outras que são mentirosas e que passam de geração para geração sem saber onde tudo e por que começou.
Aqui vamos desmistificar algumas histórias que as vovós, titias e vizinhas ainda acham que são verdadeiras e deixam a cabeça da futura mamãe confusa.

O sexo pode prejudicar o bebê – O sexo só será proibido se o médico encontrar alguma alteração com a gestação (como deslocamento de placenta e pressão alta). Se não tiver problema algum com a gestante e o bebê, o sexo está mais do que liberado. Não machuca o bebê, já que está envolvido pela placenta. E além de aumentar o fluxo sanguíneo na área da bacia aumentando a oxigenação fetal, as endorfinas produzidas no orgasmo trazem a sensação de bem-estar no bebê.

Ficar em jejum para diminuir o enjoo – Isso não é verdade! Pelo contrário, a mulher deve comer mais vezes e em menos quantidade se quiser diminuir a sensação de enjoo.
facebook 1 blogger

Receita Suquinho para seu Filhote - Cenoura com Laranja

1 comentários


Modo de Preparo:

Bata no liquidificador o suco de duas laranjas lima ou pera mais uma cenoura média. Se você tiver centrífuga, faça o suco da cenoura e depois misture com o de laranja.

Dica: Para aproveitar mais o suco de frutas como goiaba, maçã, pêra e de cenoura e beterraba, o melhor é processa-las na centrífuga. Se você não tiver esse acessório, use o liquidificador. Mas lembre-se de coar o suco antes de servi-lo.

Atenção!
Sugerimos que a introdução de frutas e legumes seja feita com cautela, não ultrapassando 40 ml ao dia. Caso ocorram erupções, manchas, diarréia ou constipação ou outras alterações, não alimente mais o seu bebê com o novo ingrediente e procure orientação com o seu pediatra.

sábado, 24 de março de 2012

facebook 0 blogger

Eclampsia, todo cuidado é pouco!

0 comentários
Olá Pessoas!!!

Com certeza vocês já ouviram falar da eclampsia e pré eclampsia... Mas, vocês sabiam que existe a eclampsia pós parto?
Eu só fui saber depois de quase morrer com ela! É sério, eu quase morri!! Mais essa história detalhada eu conto outro dia, em outro post! Agora eu vou deixar aqui pra vocês, alguns sintomas que podem ocorrer a eclampsia pós parto e algumas dicas!

Atenção e muito cuidado! Qualquer um desses sintomas, corra para seu médico e não espere como eu fiz!


Sintomas que exigem atendimento imediato 

Peça ajuda para ir ao hospital ou procure logo um médico se sentir alguma dessas coisas: 


facebook 0 blogger

Novidade para páscoa: chocolate sem lactose!

0 comentários
Atenção mamãe!!!
Pra quem tem filhos com intolerância à lactose, olhem só a novidade que eu encontrei...
É o Miau, da Cacau Show, sem lactose!
Pode acreditar, a Thais disse que é uma delícia e custa só R$ 8,90.
Vou amanhã lá na Cacau Show, conferir e conto pra vocês!!!
Eu bem que poderia ganhar um pela propaganda gratuita aqui né? kkkk
facebook 0 blogger

10 atitudes de uma babá perfeita!

0 comentários

A seguir veja 10 dicas de especialistas para identificar uma boa profissional. Uma babá deve... 

1. Ter experiência mínima de seis meses registrada em carteira e apresentar referências de trabalhos anteriores.
2. Ser pontual e usar roupas adequadas para cuidar de um bebê. Sapatos baixos, unhas curtas, roupas que permitam movimentos são importantes. Também é bom evitar o uso de brincos.
3. Ter noções de primeiros socorros e realizar as ações corretas em caso de cortes, queimaduras e ferimentos na pele até que a criança seja atendida por um médico.
4. Saber higienizar e preparar alimentos corretamente.
facebook 0 blogger

Problemas e hábitos que prejudicam a amamentação

0 comentários

A correta posição da mamada confere tanto para a mãe como para o bebê prazer na amamentação. Mas, se ela estiver inadequada, a lactante pode apresentar algum tipo de lesão ou inflamação no mamilo. Veja problemas mais frequentes da baixa ou falta de produção do leite e as medidas para tratá-los. 

sexta-feira, 23 de março de 2012

facebook 0 blogger

Dicas para Mães de Primeira viagem: Guia da troca de fralda

0 comentários


Do que vou precisar a cada troca de fralda?



Antes de começar, lave bem suas mãos e veja se tem à disposição tudo o que vai precisar: 

• Um lugar seguro para fazer a troca, com um trocador impermeável, de fácil limpeza

• Uma fralda limpa 

• Um saco ou uma lata de lixo para jogar a fralda suja 


• Algodão e água morna ou lenços umedecidos 


• Fita crepe ou alfinete de segurança, se você for usar fralda de pano à moda antiga. Fraldas de pano mais modernas fecham com velcro ou botão. 


• Pomada contra assaduras 

• Uma troca de roupa limpa à mão para o caso de a fralda ter vazado, ou de acontecer algum "acidente" no meio da troca 

• Um brinquedinho para atrair a atenção do bebê 

• Se seu filho for menino, uma fralda de pano dobrada para usar como "escudo" contra eventuais banhos de xixi no intervalo em que o pênis dele ficar descoberto. 



Como se faz a troca?



facebook 0 blogger

Como fazer seu filho gostar de vegetais e legumes

0 comentários

Você já sabe que o exemplo é um dos melhores estímulos, e que garantir um prato colorido é importante também. A nutricionista Cláudia Lobo, autora de Comida de Criança (MG Editores), mãe de Lucas, 8 anos, e Beztriz, 3, contou os truques que funcionam na casa dela. As dicas eu achei no blog da Thais.
- Invente nomes para os alimentos. Um pedaço de maçã pode ser uma lua, e a salada, uma floresta que precisa ser salva, e a única maneira de ajudar é comendo.

- Peça ajuda aos brinquedos. O jogo de chá pode servir para um café da tarde especial. Uma vez a boneca come, uma vez a criança. E o caminhão pode servir para um carregamento de morangos. Quanto mais os alimentos estiverem presentes na vida do seu filho, mais vontade ele vai sentir em provar.

- Prepare receitas inusitadas. Que tal fazer um patê de cenoura para comer com o pão ou então gelatina sem sabor com suco de melancia natural concentrado? Crianças adoram fazer invenções – e provar é o segundo passo da brincadeira.

quinta-feira, 22 de março de 2012

facebook 0 blogger

Seus filhos economizam água?

0 comentários

Assim como em tudo na educação do seu filho, ensinar sustentabilidade a ele (sem ser chato!) também é pelo exemplo. Por isso, não adianta falar que ele não pode brincar no chuveiro se você passa mais de meia hora no banho. Ou, ainda, escova os dentes com a torneira aberta. Aqui, 10 maneiras de consumir menos água na sua casa no dia a dia. 

- Seu filho adora brincar no chuveiro? Mude a estratégia. São de 20 a 40 litros desperdiçados por minuto. Muito, não? Assim, opte por encher bacias com pouca água para ele se divertir; 

- Use água potável apenas quando for realmente necessário; 

- Nunca se esqueça de fechar a torneira quando não estiver usando a água; 

- Conserte sempre os vazamentos; 

- Use a máquina de lavar com sua capacidade total. O mesmo vale para máquinas de lavar louça; 

- Vaso sanitário não é lixeira. Aqueles fabricados até 2003 gastam de 12 a 20 litros por acionamento. Já os mais modernos gastam, em média, até 6 litros. Verifique sempre o bom funcionamento da válvula e a acione apenas uma vez; 

- Ao lavar o carro, use baldes em vez de mangueira; 

- Ao lavar a louça, não use a força da água para retirar os restos de alimentos; 

- Ao irrigar as plantas, prefira horários em que o sol não esteja muito forte. A alta incidência de luz faz com que a água evapore mais rápido; 

- Quando for lavar o quintal, use a vassoura, se precisar de água, prefira a que você pode recolher da chuva. Além de usar uma cisterna, a forma mais simples é colocar baldes em locais onde a água escorre, como embaixo de calhas. 

Via.
facebook 0 blogger

O refluxo é grave?

0 comentários

Refluxo é o termo usado quando o alimento que está no estômago volta até o esôfago, às vezes até a boca. O nome completo do problema é refluxo gastroesofágico. 

A maioria dos bebês se cura naturalmente do refluxo com até 1 ano, à medida que o músculo do esfíncter vai se fortalecendo. Mas isso não quer dizer que o problema não seja sério. 
É importante acompanhar atentamente o ganho de peso de bebês com refluxo. Alguns bebês não engordam o suficiente porque não conseguem manter muito leite no estômago, e outros acabam perdendo o apetite por causa do desconforto causado pelo ácido. 

Existe também o risco de desenvolver esofagite, uma inflamação da mucosa do esôfago, que pode ser persistente e provocar problemas mais sérios no futuro. 
Se a regurgitação ou o vômito entrarem no sistema respiratório, o bebê pode adquirir problemas como pneumonia, tosse persistente à noite, sinusite (em crianças maiores) ou otite, por isso é bom ficar de olho em sinais dessas doenças. O ácido estomacal também pode prejudicar o esmalte dos dentes da criança. 

Em casos raros, o conteúdo gástrico não chega a sair na forma de regurgitação, mas fica entrando nas vias respiratórias, causando problemas. Por esse motivo, no caso de infecções respiratórias recorrentes ou tosse, a possibilidade de refluxo deve ser levada em conta. 

Mais que tudo, o refluxo pode dificultar muito a vida da família toda, pois os pais não conseguem aliviar o desconforto da criança, além de terem de lidar com o estresse de alimentá-la e mantê-la limpa. O consolo é lembrar que o refluxo vai embora sozinho, e um dia a choradeira, o cheiro de azedo e as constantes fraldinhas sujas serão só uma lembrança distante no seu passado.
facebook 0 blogger

Meu bebê chora demais. Será que é cólica?

0 comentários


Todo bebê chora. É totalmente normal um recém-nascido chorar duas horas por dia. 
Quando o bebê chora muito, a primeira coisa a ser descartada é a fome. Ofereça sempre o peito quando ele chorar. Se seu bebê está mamando bem, molhando mais de 6 fraldas por dia e ganhando peso, o mais provável é que não seja fome. 

Num bebê com cólica, você pode notar o seguinte: 
  • Ele tem crises de choro intenso, e é difícil acalmá-lo

  • Ele encolhe as perninhas e arqueia as costas para trás, estica-se e se espreme enquanto chora

  • Ele solta puns quando chora
A cólica normalmente ataca no final da tarde e à noite. Em casos mais difíceis, o bebê chora a qualquer hora do dia. Pode ficar difícil dar de mamar para o bebê quando ele está tão desconfortável. 

quarta-feira, 21 de março de 2012

facebook 0 blogger

PAP - Peso para livros infantis

0 comentários
Olá pessoal!
Eu estava com dois problemas aqui em casa: os livros das crianças não paravam nas prateleiras por falta de um peso (pelo menos na minha cidade eles são muito caros!) e os ursinhos de pelúcia antigos encostados, agora que eles cresceram. Mas...


Pimba! Meus problemas acabaram... rs. A idéia da Martastewart é demais: basta abrir com cuidado o ursinho, colocar pedras, fechar novamente e pronto! Gente!!! Como eu nunca pensei nisto antes?


DICA: Você pode trocar as pedras por bolinhas de gude e o ursinho por uma boneca de pano, dá o mesmo resultado. Use esta idéia também para sua escola ou biblioteca.

Mais uma idéia da Martastewart, esta também é linda!!!
Quem diria que simples pedrinhas iam dar nisto?
Amei!!!

facebook 0 blogger

Barra de ímã porta carrinhos no quarto dos meninos

0 comentários
Oi pessoal!
A idéia de ter uma barra de ímã na minha cozinha cheia de facas, não me parece uma boa idéia para quem tem crianças por perto. Prefiro usá-la para uma outra função muito mais prática: porta carrinhos no quarto dos meninos... não ficou muito show a exposição???

Ficaria ótimo aqui em casa com a coleção hot wheels dos meninos!
Achei no site Chiq e Cheap.
Até outra idéia!!!
facebook 0 blogger

Quarto de menino com azul e verde

0 comentários
Oi gente!!!

Este foi um dos meus primeiros trabalhos com decoração de quartos... Eu fiz para meu sobrinho Jhimy há algum tempo atrás e agora resolvi postar aqui para servir de inspiração para vocês. A minha dica é: se você quer um quartinho como o das revistas, vire-se! Faça como eu, corra atrás: recicle, reaproveite!
O tema foi bem simples mas ficou muito lindo... procuramos usar meninos e carrinhos, usando as cores predominantes no kit de berço, verde e azul. Claro que usei muitos truques de reciclagem que adoro!!! Um belo exemplo é a casinha com boneco sentado, cômoda e bauzinho, feita com uma gaveta antiga... Vamos ver as fotos?
Clique nas fotos para ver em tamanho ampliado.
Quarto do JhimyQuarto do JhimyQuarto do JhimyCasinhaBarradoQuarto do Jhimy  
LixeirinhoQuarto do JhimyMais um quadrinho!Casinha de meninoLixeirinhoBauzinho da Casinha

Mari's Art, um álbum de mari.arteira no Flickr.
facebook 0 blogger

Dia Internacional da Síndrome de Down

0 comentários
Linda mensagem que achei no Lápis de cor:


O preconceito se faz presente mesmo em atitudes que parecem sem importância, ou soam em tom de cordialidade, como a velha adjetivação "coitadinho". Se é que um dia essa época existiu, foi-se o tempo em que pessoas com Síndrome de Down eram coitadas. Nesta segunda-feira, quase 150 anos depois da descoberta da doença e na data em que se comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down, elas querem independência e inclusão social. Querem e conseguem. 

Afinal é preciso amar as pessoas independente de cor, raça, ou deficiência , portanto ninguém igual a ninguém , mas iguais perante a Deus.

ESTA É UMA HOMENAGEM À TODAS AS CRIANÇAS QUE DEUS FEZ DE UMA FORMA ÚNICA E ESPECIAL!!

facebook 2 blogger

Casinha de boneca com reciclagem de papelão

2 comentários
Olá gente!
Quando o assunto é reciclagem pode esperara que vem coisa boa!!! Estes dias aqui em casa me vi em apertos com a minha Sindy pedindo uma casinha de boneca... não tive outra opção senão partir pra reciclagem... o resultado foi adorável!!!

Lógico que ela amou, ficou pasma, pulou, gritou e bateu palmas.
Depois, foi logo posando na janela para uma foto... rs...

Pra fazer eu fiquei horas na net, procurando algo pra me inspirar e descobri que muita gente tinha vontade de fazer uma mas não tinha se aventurado ainda. Então resolvi quebrar a cabeça e criar a minha própria casinha... Usei uma caixa de freezer grande, tinta, glitter, detalhes em EVA, tecidinho, renda e muito carinho... depois fiz as cortinhas com um retalho que tinha aqui em casa, um vaso na porta pra dar um charme e pronto! 

Gostou? Veja também estas idéias do Blog de Brinquedo, vocês vão se apaixonar!

terça-feira, 20 de março de 2012

facebook 0 blogger

Organizando as roupinhas do bebê

0 comentários

O bebê ainda nem nasceu e já tem um guarda roupa completo? É difícil resistir e não comprar todas aquelas roupinhas e acessórios fofos, e a família e os amigos também ajudam a montar um belo enxoval antes mesmo do último trimestre! Para conseguir guardar, achar e usar tudo isso, vale focar na organização para otimizar o pouco tempo que você vai ter.
A princípio deixe à mão somente as roupinhas que estiverem cabendo no seu filhote.  Separe tudo por tamanho, o que ainda estiver grande para ele deve ser guardado em algum lugar com ventilação, pode ser uma gaveta, ou caixas com passagem para o ar.
Se seu bebê já cresceu um pouco e perdeu as roupinhas de recém nascido, não se acanhe e de para alguém que precisa. Guarde uma ou outra que tem algum valor  sentimental, mas tente se livrar da maioria e criar espaço para novas coisinhas.
Na hora de colocar as roupinhas em gavetas, resista à tentação de dobrar tudo. Como as roupas são pequenas, você vai acabar lotando a gaveta e na hora de pegar um item que esta em baixo, pode bagunçar tudo. Prefira fazer rolinhos ou use divisores de gaveta, como aqueles para cintos e lingeries.
 
Invista em cestas ou caixas bonitas, além de ser uma mão na roda na hora de guardar itens como toalhas e paninhos, ainda ficam lindas na decoração.
facebook 0 blogger

É possível dormir bem durante a gravidez?

0 comentários


Nos últimos três meses o que atrapalha o descanso é a falta de posição para dormir, a vontade de urinar e a constante preocupação de se ter uma criança na barriga. Mas, esse desconforto pode ser amenizado se as gestantes seguirem as recomendações que a Ana Angélica preparou especialmente para a Sempre Materna.

1. Coma algo leve antes de dormir, em pequena quantidade, como um copo de leite e uma bolacha. Assim, evita-se acordar com fome no meio da noite;

2. Use roupas largas e confortáveis. Uma boa dica é dormir sem calcinha. Grávida tem excesso de secreção vaginal e a medida evita infecções;

3. Procure dormir oito horas por noite. Faz bem à saúde. Depois que o bebê nascer, vai ser mais difícil descansar;

4. O ideal é dormir sempre de lado. Permanecendo com a coluna alinhada, as vias respiratórias ficarão mais livres, absorvendo maior quantidade de oxigênio no sangue. Prefira o lado esquerdo, porque nessa posição você não comprime a veia cava e não prejudica a circulação. Do lado direito do abdome passa a veia cava inferior, que é grossa e traz bastante sangue de volta ao coração. No final da gravidez, quando a barriga já está grande, o peso do útero pode comprimir essa veia, provocando falta de ar;

5. Três travesseiros fazem toda a diferença. Coloque um travesseiro sob a cabeça, de forma a preencher completamente o espaço entre ela e o colchão e outro entre as pernas e joelhos para evitar atritos e dar maior apoio para a lombar. Use algo também embaixo da barriga, para sustentar seu peso e trazer maior conforto. 



Via
facebook 0 blogger

A importância das refeições em família

0 comentários

Pense rápido. Quantas vezes nessa semana você se sentou à mesa e fez uma refeição em família?
Provavelmente, o número dado como resposta será bem baixo.
A maioria das pessoas não tem tempo ou simplesmente deixou esse hábito de lado. Segundo dados da pesguisa “O Poder das Refeições”, realizada pela Knorr, esse é um ritual que está em declínio. Apesar disso, a pesguisa constatou que 95% das brasileiras consideram o momento das refeições muito importante para a vida familiar.
O estudo mostra que a maior dificuldade para reunir a família na hora da refeição é a diferença de horários (74%), seguida da falta de tempo (46%). Já os principais assuntos debatidos à mesa são: o comportamento dos filhos, escola e planos para o futuro.
E você, já sentou à mesa com sua família hoje?
facebook 0 blogger

Posição ao dormir interfere no sono do bebê?

0 comentários

O sono é a bateria do ser humano. Ele renova nossas forças e está intimamente ligado à saúde. Uma boa noite de sono depende de vários fatores, entre eles, a escolha da posição ao dormir, aspecto que deve ser pensado desde a infância.

Antigamente acreditava-se que os bebês deveriam dormir de lado para evitar sufocamento em caso de vômito. Esse conceito já foi ultrapassado. Depois de muitas pesquisas, a Academia Americana de Pediatria, uma das mais conceituadas instituições da classe, passou a recomendar que os bebês sejam colocados no berço de barriga para cima. Dessa forma, o risco do bebê sofrer morte subida diminui cerca de 70%.

Os travesseiros também merecem atenção especial e devem acompanhar o crescimento do pequeno. Para os primeiros meses de vida, recomenda-se o uso de travesseiros mais baixo apenas para apoiar a cabecinha do bebê e dar conforto para a coluna. Com o passar do tempo, a criança já pode dormir de lado com travesseiro mais alto, de forma a preencher exatamente o espaço entre a cabeça e colchão. 

Acessórios como o rolinho, podem ser utilizados gradativamente, de modo a impedir que a criança vire dentro berço e permaneça sempre na posição lateral. ”Como cada criança tem uma estrutura e um biótipo, fica difícil colocar uma regra dizendo em qual mês de vida deve ser feita alteração. A dica é que os pais fiquem atentos e percebam se o espaço do ombro da criança fica bem preenchido pelo travesseiro, de forma que a coluna fique sempre reta e alinhada”, explica a consultora do sono, Ana Angélica Evangelista.

Quando a criança deixa o berço e passa a dormir em cama é hora de fazer outra troca para um travesseiro de adulto, porém baixo. “No decorrer do crescimento, recomenda-se usar almofada ou travesseiro entre as pernas para que não haja atrito dos joelhos e tornozelos”, diz Ana.


Dicas para melhorar o sono dos bebês:

  • A última mamada deve ser perto das 23h; 
  • Melodias tranquilas preparam a criança para dormir. Na hora do sono, porém, desligue o aparelho;
  • Outra coisa que deixa os pequenos mais calmos é o chamado objeto de transição, que pode ser um boneco de pano, bicho de pelúcia ou uma fralda. 
facebook 0 blogger

Receita de sorvete caseiro

0 comentários
Oi amigas!!!

Neste calorzão que anda fazendo por aqui, nada melhor do que fazer sorvete caseiro para os filhos, netos, sobrinhos...

O blog Saboroso Gostinho postou AQUI uma receita deliciosa e fácil...

DICA: Com as férias chegando, está aí uma idéia brilhante para fazer para as crianças... ou quem sabe acrescentar a idéia para festinha de fim de ano?

A Dani disse que é uma delícia e que não fica aquelas 'pedrinhas de gelo'...
Receita AQUI. Aproveite e seja um seguidor do blog Saboroso Gostinho e fique por dentro de tudo que rola por lá.
facebook 1 blogger

Chocolate faz mal pra criança?

1 comentários
Delícia das delícias, um irresistível sabor de quero-sempre-mais... hum, o chocolate é mesmo uma delícia!!! Em dias de páscoa, vale parar e pensar no assunto!

Lá longe, séculos atrás
Tudo começou há muitos e muitos séculos. Segundo a lenda, lá pelos 1500 a.C., foi a civilização olmeca, habitante da região do Golfo do México, a primeira a provar o fruto do cacaueiro. O hábito passou para os maias, os toltecas e os aztecas, que utilizavam o cacau como bebida, geralmente misturado ao milho, gengibre e pimenta. A composição, para lá de energética, era chamada de “o alimento dos deuses” e muitíssimo consumida pelos sacerdotes em rituais religiosos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Digite seu email e receba nossas dicas!