Cursos online Faça um curso online com certificado
Cursos online Passo a passo para lembrancinhas

PESQUISE - USE PALAVRAS SEM ACENTO

Custom Search

quinta-feira, 31 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Deixe seu filho em contato com a terra!

0 comentários

Crianças adoram o contato com a terra e a natureza. Aproveite e incentive essa inclinação natural que eles tem. Vale tudo, plante um vasinho, procure minhocas, deixe eles se sujarem.
Crianças da Escola Pés no Chão - Projeto Horta
Se você tiver espaço pode fazer uma horta em casa o que ajuda as crianças a gostarem mais de uma alimentação natura e saudável. Nada como comer um tomate plantado por eles mesmos. Ou que tal uma horta de temperos em vasinhos?
Na falta de espaço o velho feijãozinho plantado em um pote de iogurte já funciona. Eles adoram acompanhar o crescimento da planta enquanto aprendem a cuidar e a respeitar a natureza. Aproveite e fale sobre sementes, raízes, caule, folhas e fotossíntese.
A diversão é garantida!
Via.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Vamos alugar brinquedos?

0 comentários
Oie!!!

Vamos a  uma dica super bacana de site...
A Joanninha é uma empresa de locação de brinquedos que valoriza um brincar mais sustentável para desenvolver as habilidades infantis e, ao mesmo tempo, incentivar o reuso e o consumo compartilhado de brinquedos. Para nós e para Joanninha o que importa não é ter o brinquedo, mas sim a brincadeira que ele proporciona. Vi no Panelinha Terapia.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Decoração Fashion para seu Chá ou Niver!

0 comentários
Decoração linda para seu filhote ou para seu chá de bebe! Confira:









segunda-feira, 21 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Como personalizar as estantes infantis

0 comentários
Oi gente!!!

Nem sempre é preciso muita coisa para deixar o quarto das crianças com cara de novo... veja como apenas alguns detalhes, deixaram as estantes infantis com um ar super original!



Solte a imaginação e coloque a mão na tinta!!!

sábado, 19 de maio de 2012

facebook 1 blogger

Como deve ser os primeiros dias com o bebê

1 comentários


Depois de nove meses de espera, você entra em casa com o seu bebê no colo. É um momento de muita emoção, que vai marcar o início de uma relação para toda a vida. Ao mesmo tempo, trata-se de um período de desafios, ajustes, inseguranças e muito trabalho. Alguns cuidados podem facilitar esse começo de convivência e torná-lo mais feliz. Confira:
Acredite em sua capacidade
A insegurança é um sentimento comum em qualquer aprendizado. Com as mães não é diferente. Lembre-se de que para tornar-se competente no papel é preciso tempo. Por isso, procure não exigir demais de si mesma.
Aceite ajuda
Não tente ser a supermulher, que dá conta de tudo sozinha. Do contrário, irá acabar frustrada e exausta. O ideal é contar com ajuda para todas as tarefas da casa. Assim, sobra mais tempo para se ocupar do bebê e de você.
Descanse
A falta de sono é o pior inimigo. Procure ir para a cama assim que o bebê adormecer. Nas primeiras semanas após o nascimento, é natural que a mãe passe por momentos de tristeza, ansiedade ou irritação. Mas, à medida que ela se ajusta às exigências das novas funções, isso tende a desaparecer. Caso esses sentimentos persistam, é aconselhável procurar o médico e pedir orientação.
Chorar é normal
Não há nada mais angustiante do que tentar satisfazer a criança e não conseguir fazê-la parar de chorar. Não se sinta culpada se não souber a causa do choro, pois as razões variam. Fome, cansaço e fralda molhada costumam ser os motivos mais frequentes. Na maioria dos casos, pegá-la no colo resolve o problema. Procure atendê-la com calma e paciência. Quando elas se esgotarem, peça ajuda.
Colo faz bem
Segure o bebê, fale com ele, alimente-o com carinho. Essas são as coisas mais importantes da vida dele. Um ditado popular diz que “colo demais estraga a criança”. Trata-se de uma ideia errônea. A melhor atitude é reagir com rapidez ao desconforto dela para que, aos poucos, ela perceba que pode confiar nos pais e no mundo a sua volta.
A comunicação começa cedo
O bebê aprende sobre o mundo por meio dos sentidos. Quando ele estiver calmo e alerta, não o deixe sozinho olhando o móbile do berço. Essa é uma oportunidade para interagir com ele. Olhe em seus olhos, faça caretas, converse, dê carinho. Com as brincadeiras, você ajuda a criança a sentir o mundo.
Um tempo para você
Dê uma caminhada, vá ao cabeleireiro, planeje algo para si mesma. Você vai voltar revigorada para reencontrar o bebê e seguir sua nova vida.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Cartilha Navegar com Segurança

0 comentários
Queridas Mamães e Professores!
No Dia 18 de Maio - Dia do Combate contra o Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
Iremos compartilhar uma dica importante: A Cartilha Navegar com Segurança
- Protegendo seus Filhos da Pedofilia e da Pornografia Infanto-Juvenil na Internet
Clique aqui para acessar a Cartilha!


1 - Mantenha o computador em uma área comum da casa. Não deixe no quarto da criança usuária da Internet por ser diferente de um móvel ou de um livro.
2 - Acompanhe a criança quando utilizar computadores de bibliotecas ou de Lan Houses.
3 - Navegue algum tempo com a criança internauta. Da mesma forma que você ensina sobre o mundo real, guie-o no mundo virtual.
4 - Aprenda sobre os serviços utilizados pela criança, observe suas atividades na Internet. Caso encontrem algum material ofensivo, explique o porquê da ofensa e o que pretende fazer sobre o fato.
5 - Denuncie qualquer atividade suspeita. Encoraje a criança a relatar atividades suspeitas, ou material indevido recebido.
6 - Caso suspeite que alguém on-line está fazendo algo ilegal, denuncie-o às autoridades policiais ou ao sitehttp://nightangel.dpf.gov.br/.
7 - Estabeleça regras razoáveis para a criança. Discuta com ela as regras de uso da Internet, coloque-as junto ao computador e observe se são seguidas. As regras devem, por exemplo, estabelecer limites sobre o tempo gasto na Internet.
8 - Se necessário, opte por programas que filtram e bloqueiam sites. Encontre um que se ajuste às regras previamente estabelecidas. * Indicamos o NetFilter Família.
9 - Monitore sua conta telefônica e o extrato de cartão de crédito. Para acessar sites adultos, o internauta precisa de um número do cartão de crédito e um modem pode ser usado para discar outros números, além do provedor de acesso à Internet.
10 - Instrua a criança a nunca divulgar dados pessoais na Internet, por exemplo, nome, endereço, telefone, escola e o e-mail em locais públicos, como salas de bate-papo. É a versão moderna do “nunca fale com estranhos”. Recomende que a criança utilize apelidos, prática comum na Internet e uma maneira de proteger informações pessoais.
11 - Conheça os amigos virtuais da criança. É possível estabelecer relações humanas benéficas e duradouras na Internet. Contudo, há muitas pessoas com más intenções, que tentarão levar vantagem sobre a criança.
12 - Cuide para que a criança não marque encontros com pessoas conhecidas através da Internet, sem sua permissão. Caso permita o encontro, marque em local público e acompanhe a criança.
13 - Aprenda mais sobre a Internet. Peça para a criança ensinar a você o que sabe e navegue de vez em quando.
14 - ATENÇÃO! DISK DENÚNCIA - Ligue para o número 100.


Regiane Pinheiro
Espaço Psicopedagógico Lápis De Cor
contato@espacolapisdecor.com

facebook 0 blogger

Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

0 comentários
Se não tem ninguém falando, pode ter alguém fazendo!


Dia 18de maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e a exploração de Crianças e Adolescentes!

O QUE É VIOLÊNCIA DOMÉSTICA?

“É todo ato ou omissão praticado por pais, parentes ou responsáveis contra crianças e ou adolescentes que, sendo capaz de causar à vítima dor ou dano de natureza física, sexual e ou psicológica, implica, de um lado, uma transgressão do poder/dever de proteção do adulto. De outro, leva a coisificação da infância, isto é, a uma negação do direito que crianças e adolescentes têm de serem tratados como sujeitos e pessoas em condição peculiar de desenvolvimento”. (Azevedo e Guerra 1998). A violência doméstica pode ser classificada em dois tipos: maus-tratos e abuso sexual.

O QUE É VIOLÊNCIA SEXUAL?

É um fenômeno social que envolve qualquer situação de jogo, ato ou relação sexual, homo ou heterossexual, envolvendo uma pessoa mais velha e uma criança e adolescente. Ela se expressa por meio da exploração e/ou abuso sexual. (Fórum Cearense de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, 2002)

O QUE É ABUSO SEXUAL?

É a utilização da criança ou adolescente em uma relação de poder desigual, geralmente por pessoas muito próximas, podendo ser ou não da família, e que se aproveitam dessa relação de poder e de confiança sobre o menino ou menina para satisfazer seus desejos sexuais. Pode ocorrer com ou sem violência física, mas a violência psicológica está sempre presente.

O QUE É EXPLORAÇÃO SEXUAL?

É a utilização sexual de crianças e adolescentes com fins comerciais e de lucro. Acontece quando meninos e meninas são induzidos a manter relações sexuais com adultos ou adolescentes mais velhos, quando são usados para a produção de material pornográfico ou levados para outras cidades, estados ou países com propósitos sexuais.

O QUE É VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA?

Essa não deixa marcas no corpo, mas é perversa tanto quanto a violência física, porque deixa marcas na emoção, diminuindo a auto-estima, provocando culpas e medos e pode precisar de muito tempo para a pessoa violentada se livrar dos efeitos. Qualquer tipo de violência é freqüentemente, se não sempre, acompanhada de violência psicológica. Ex: rejeição, ofensas, ameaças, etc.


Comportamentos que indicam o Abuso Sexual:

•Conduta sedutora.
•Relatos de agressões sexuais.
•Dificuldade em adaptar-se à escola.
•Aversão ao contato físico.
•Comportamento incompatível com a
idade (regressões).
•Envolvimento com drogas.
•Auto-flagelação, culpabilização.
•Fuga de casa.
•Depressão crônica.
•Tentativa de suicídio.

COMO AJUDAR? 

Quando uma criança ou adolescente é violentado(a) sexualmente, sua emoção fica muito abalada, passando a desconfiar de todos, culpando-se e isolando-se socialmente. Neste momento, é importante que o profissional esteja seguro, preparado para fazer o acolhimento e denunciar o caso (Art. 13 ECA). A seguir, algumas recomendações que todo profissional precisa considerar, nos casos de abuso e exploração sexual: 

Acreditar e validar a história da vítima 

É importante valorizar a revelação da criança ou adolescente vítima de violência sexual, respeitar o seu direito de ser ouvido, de ter sua palavra validada, sem exposições a constrangimentos. A história da criança/adolescente, o seu discurso, pode trazer muitas contribuições para uma melhor compreensão do caso e para o estudo do fenômeno da violência sexual.

Respeitar a confidencialidade 

O caso de violência denunciado só diz respeito à vitima e à equipe de atendimento. O profissional deve, eticamente, zelar e respeitar as informações repassadas, evitando a socialização do caso e deixando claro, para a vítima ou denunciante, o respeito ao sigilo profissional. 

Não culpar a vítima 

Nos casos de violência sexual praticada contra crianças e adolescentes, estes nunca devem ser considerados culpados; o agressor sexual tem sempre inteira responsabilidade pelos atos praticados e deve ser punido, na forma da lei. A criança e adolescente não “consentem”, cabe ao adulto a tarefa de tratá-los com respeito e dignidade. 

Respeitar o momento da vítima 

Escute com muita atenção e respeito a criança ou adolescente e não peça, desnecessariamente, para repetir o que aconteceu. A repetição causa sofrimento e possível revitimização. 

Ajudar a estabelecer um plano a curto e médio prazos 

A criança ou adolescente abusado(a) ou explorado(a) sexualmente encontra-se emocionalmente frágil, desconfiando de tudo e de todos, sem expectativas de futuro, precisando de muito apoio. Torna-se importante traçar um plano para o acompanhamento do caso nos dias subseqüentes e enfatizar uma discussão sobre seu projeto de vida.


DENUNCIAS: Disque 100


disque 100 foi criado em maio de 2003 para facilitar a denúncia de atos de agressão contra menores. Desde que o serviço foi implementado, foram registrados 66.982 denúncias em todo o Brasil. O estado com o maior número de denúncias é a Bahia, com 7,7 mil casos, seguido por São Paulo, com 7,29 mil, e Rio de Janeiro, com 5,56 mil.
O disque-denúncia acaba recebendo também denúncias de outros tipos de violência e até de crianças desaparecidas. As denúncias são encaminhadas aos órgãos competentes em até 24 horas. O serviço funciona das 8h às 22h, inclusive finais de semana e feriados. Como o próprio nome já diz, é só digitar 100 no seu telefone. A chamada é gratuita.
Foram registrados 12.487 casos de abuso sexual de crianças em 2010, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (18) pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário. Até março deste ano, foram registrados 4.205 casos de violência sexual contra ciranças e adolescentes.
Faça Bonito! Proteja nossas Crianças e Adolescentes!
Daqui, e daqui.

terça-feira, 15 de maio de 2012

facebook 0 blogger

10 Bons Motivos para seu bebê ouvir músicas!

0 comentários

Diverte, estimula a percepção e a criatividade. Esses são alguns dos bons motivos para você fazer seu filho escutar muitas canções, veja:

1. Ouvir música é uma delícia
Deixando de lado qualquer justificativa lógica, médica ou pedagógica, a música é antes de tudo uma fonte de prazer. Alegra a vida, descansa, empolga e diverte. Partindo daí, o que ela pode trazer a mais, como a possibilidade de acelerar a aprendizagem, é lucro.

2. Ajuda no desenvolvimento cognitivo
Muito se fala de desenvolvimento. Da sociedade, de um país e, o que mais interessa aos pais, dos bebês. Afinal, quem não se preocupa em ver o filho crescendo bem, aprendendo na velocidade esperada? Por isso, é comum aparecerem dúvidas do tipo “será que ele está demorando demais a falar, a engatinhar?”.
Para resolver essa inquietação, automática e saudável, cuidadores vivem em busca de maneiras de estimular os baixinhos a aprender o máximo – e o mais rapidamente – possível. Nessa empreitada, a música é uma aliada. Ao ouvir um clássico, por exemplo, a criança desperta, de forma muito intuitiva e natural, para a identificação de tons, ritmos, nuances e vibrações. E essa percepção por si só oferece uma gama de estímulos.

facebook 0 blogger

45 coisas para brincar com seu bebê enquanto ele não senta!

0 comentários

Ele pode parecer um ser muito passivo, que mal consegue comandar os próprios movimentos, mas já dá, sim, para vocês brincarem juntos.

1. Converse com ele

Acredite: ouvir a sua voz, o som que mais o acalma no mundo, é uma verdadeira brincadeira. Fale bastante, conte o que está acontecendo a sua volta, explique o que está fazendo, trocando a fralda, dando banho, amamentando... Lógico que ele não entenderá o significado exato, mas captará seus bons sentimentos.

2. Cante

O bebê vai adorar ouvir sua voz e vai entender que a música é outra forma de comunicaçao. Relembre as cantigas de roda que sua mae cantava para você na infância e suas atuais músicas preferidas. Vale tudo desde que você o faça com prazer.

3. Faça caretas

Bebês adoram olhar rostos e vai adorar ver sua boca, seus olhos e suas maos em movimentos diferentes. Mesmo que ele não demonstre grandes reaçoes, como dar risadas, ficará entretido tentando entender.
 
facebook 0 blogger

Mamadeira e chupeta podem causar acidentes domésticos com crianças

0 comentários
Matéria do Jornal Hoje:


Estudo do Hospital Nacional da Criança em Columbus, Ohio, descobriu que 45.398 crianças com até três anos foram parar na sala de emergência dos hospitais por causa de ferimentos em acidentes domésticos, envolvendo mamadeiras e chupetas. 

A pesquisa analisou dados de mais de cem hospitais americanos entre 1990 e 2010. O estudo mostrou que a cada quatro horas uma criança chega às emergências dos hospitais e 70% delas está com ferimentos na boca. O restante dos ferimentos está na cabeça, no rosto e no pescoço. 

A maior parte dos acidentes aconteceu com crianças que tinham entre um e dois anos, exatamente naquela fase em que elas estão começando a andar e a correr, mas ainda não sabem muito bem como fazer isso e perdem o equilíbrio. O perigo maior está quando elas estão com alguma coisa na boca, que pode causar ferimentos em caso de queda. 
Das crianças pesquisadas, 86% estavam correndo com alguma coisa na mão na hora do acidente. Mais da metade das crianças (65,8%) carregava a mamadeira e 19,9% delas estava com uma chupeta. 


De acordo com a médica Sarah Keim, que conduziu as pesquisas, para evitar estes acidentes é importante que os pais encorajem as crianças a tomar a mamadeira sentada e a não correr com objetos na mão. É importante também que sigam a recomendação da Academia Americana de Pediatria para que a transição da mamadeira para o copo seja feita quando a criança estiver entre 12 e 15 meses e que ela tire a chupeta entre seis e 12 meses. "A maior parte dos acidentes aconteceu com aquelas crianças que estavam usando estes produtos acima da idade recomendada" completa a médica.
facebook 1 blogger

Estante com nuvens na parede

1 comentários
Eu amo ideias com nuvens, com o PAP de chuvinha que postei AQUI.
A dica de hoje é fazer a estante do quarto dos filhos com nuvenzinhas, um mimo!!!


Coisa mais mimosa do mundo!!!!!!!!! As nuvens soltas na parede podem ser feitas com tinta ou colagem de EVA branco... a estante segue o mesmo padrão e pode ser feita em madeira ou MDF.
Amaram a dica? Do site wall story.
facebook 0 blogger

Decorando quartos infantis com decotape

0 comentários
Pra quem ainda não domina a tinta e o pincel aí vai uma dica: decore o quarto do seu filho com decotapes. Em tons coloridos ou não as idéias são perfeitas, rápidas e lindas. confiram!

Amei a casinha... Aliás, amo todas estas idéias para quartos infantis!



Idéias lindas do D♥.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

facebook 1 blogger

Moisés para o seu bebê!

1 comentários

Nos primeiros meses de vida, é importante que o bebê durma perto de sua mãe. Assim ele se sente seguro e a mãe pode ficar atenta às necessidades do recém-nascido durante a noite.


moisés é um móvel específico para isso: para deixar no quarto dos pais, ao lado da cama. Ele é pequenino, aconchegante e muito charmoso, na minha opinião. Se você escolher um modelo de rodinhas, pode usá-lo durante o dia, deixando-o na sala quando tiver visitas, etc.

Vejam que lindos esses modelos que encontrei, e é claro que a minha gatinha tem um lindo também que eu comprei nos moveis usados super-hiper barato e minha irma decorou... ficou uma graça!! (pena que agora que escrevi sobre os Moisés que percebi que não tenho nenhuma foto boa do Moisés da minha filhota #pena)








terça-feira, 8 de maio de 2012

facebook 3 blogger

Vamos fazer decoupage em lápis?

3 comentários
Oi meninas!!!

Vamos aprender a personalizar lápis de escrever ou lápis de cor? 
A dica é fazer decoupage com tecidos estampados, novidade linda e super criativa do site Craft and Creativity. Escolha um tecidinho infantil e terás lindos lápis para seus pimpolhos exibirem na escola.
Nossos lápis nunca mais serão os mesmos!
Vejam como é fácil: é só passar uma demão de cola e colar o tecido.
Aproveite e personalize aquela lata de leite em ninho ou nescau e faça um porta lápis combinando...

facebook 0 blogger

Kits de berço de Babar!

0 comentários
Atenção Mamães!!!!


Alguns lindos modelos de kits de berço para o quarto do seu bebê! E você pode encontrar todos para comprar na loja do Bebê Abril


Olha que maravilha:





Veja mais modelos:

quinta-feira, 3 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Vamos fazer panquecas coloridas?

0 comentários

Fazer as crianças comerem verduras nem sempre é uma tarefa fácil... Para acostumar as crianças a comerem verduras é interessante criar receitinhas, como estas panquecas coloridas, que tornam a experiência de comer, uma brincadeira. Chame seu filho para explorar as cores neste preparo mais que divertido!!!


Panquecas Coloridas - Ingredientes
Massa de cenoura
- 1 xícara (chá) de leite
- 3 ovos
- 1 pitada de sal
- ½ xícara (chá) de cenoura picada
- 8 colheres (sopa) de farinha de trigo
- 1 colher (sopa) de óleo

Recheio de frango
- 4 colheres (sopa) de azeite
- 2 xícaras (chá) de frango desfiado
- 1 cebola
- 1 tomate sem pele e sem sementes picados
- 1 xícara (chá) de requeijão
- ½ xícara (chá) de salsinha

quarta-feira, 2 de maio de 2012

facebook 0 blogger

Sapatinho de Crochê

0 comentários
Oi Gente... 
Eu não resisti a esta delicia de sapatinho de crochê!! Como eu queria um pra mim!!! 




Ai, ai que trem mais gostoso!!

facebook 1 blogger

Quadro negro que vira mesinha de estudo

1 comentários
Oi!!!

Toda criança quer e precisa de um cantinho de estudos no quarto... os meus vivem pedindo. Eu amo esta idéia aqui e estou postando porque é super perfeita para fazer no quarto das crianças. O projeto gasta muito pouco espaço e ainda tem a planta e passo a passo para você também fazer.



Tem planta e passo a passo no site da Ana White.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Digite seu email e receba nossas dicas!